sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Ermitão isolado pelas chuvas de Janeiro


Com estas chuvas do último tempo, tenho ficado bastante recluso neste Janeiro molhado. Fui a um congresso, em Brasília, pouco tempo, muito trabalho, voltei na segunda, mas nem deu na telha de escrever. Tenho ficado feito um ermitão, um misantropo em casa, alagado, escondido na minha toca, no fundo da minha caverna. Estou estudando, lendo, escrevendo (no papel, à moda antiga) bastante, e aproveitando o tempo para rever uns finais de filmes bem doidões, que no período de trampo, vou assistir muito tarde e acabo dormindo no final.

O primeiro que revi foi o As sandálias do pescador, de 1968, baseado no livro homônimo de Moris West. Ele trata da sucessão papal, e o interessante é que um ex-prisioneiro político da Sibéria assume o mais alto posto do Vaticano. E ele acaba tendo uma missão muito importante, de impedir a guerra nuclear, ser um interlocutor entre  os conflitos sino-soviéticos e os ianques. Massa. E outros filmes bem sinistros que revi, ou melhor, assisti novamente o final, foram Ana e os Lobos e o Cria Cuervos. 

Todos os filmes do Carlos Saura tem como inconsciente coletivo a Guerra Civil espanhola, e muitos dos personagens parecem repetir-se propositalmente. Neste filme, tem uma gruta a um ermitão eaté a residência é a mesma daquela do filme posterior, Mamãe faz cem anos. Trata-se de três irmãos, que representam as instituições espanholas, a Igreja, o exército e o sexo reprimido, e que fazem um baita terrorismo psicológico sobre a pobre da Ana. O final é bastante macabro e até inesperado.
Já o Cria Cuervos trata do universo e das lembranças de outra Ana, uma menina, que possui duas irmãs, mas é criada por uma tia e empregadas. Esta menininha tem várias viagens e sonhos, vê a mãe, é uma rememoradora de um passado de mais de vinte anos. Também possui um final bastante sinistro.
Passei para escrever isto, e quebrar meu isolamento, agora voltarei para o fundo da minha caverna, para o alto de minha montanha de ermitão.



Seguidores

Pilotando a banheira do Manoel nas dunas

Pilotando a banheira do Manoel nas dunas
seguindo após Pitangui até Muriú-RN

Tatoo you

Tatoo you
Woman of night; Strange kind of woman; Lady in black; Lady evil; Princess of the night; Black country woman; Gipsy; Country Girl

Caricatus in 3X4

Caricatus in 3X4

Outra caricatus

Outra caricatus
Desenhista do bar e restaurante Salada Record

Mix, podi mandá "uma" aí?

Follow by Email